conecte-se conosco

Notícias

Próximo leilão da Cemig atrai propostas de 4,8 GW em projetos solares e eólicos

Os projetos eólicos e solares selecionados devem fornecer à empresa brasileira de energia energia sob um PPA de 19 anos a partir de 2023.

Imagem: Divulgação

Publicado

em

A empresa de energia sediada em Minas Gerais, a Companhia Energética de Minas Gerais SA (CEMIG), quarta maior empresa de energia do Brasil, anunciou na última sexta feira um resumo das adesões ao seu Leilão de Incentivo de Compra de Energia Solar e Eólica para o ACL ( Ambiente de Contratação Livre). O concurso recebeu inscrições de empresas com aproximadamente 4,8 GW de capacidade instalada. O leilão está marcado para 24 de agosto.

Os vencedores assinarão contratos de fornecimento de energia para a Cemig com períodos de duração entre janeiro de 2024 e dezembro de 2038. A CEMIG venderá energia elétrica das instalações de energia eólica e solar contratadas no Mercado Livre de Eletricidade do Brasil (Mercado livre de eletricidade), em quais fornecedores de energia negociam as condições de venda de energia elétrica entre si ou diretamente com grandes consumidores de energia.

Os leilões de compra de energia incentivada são uma iniciativa da Cemig: a empresa foi pioneira em lançar esse tipo de leilão no mercado livre. Desde 2018, diversos leilões são realizados com a participação de projetos qualificados em concursos promovidos pela Aneel. Esses leilões foram concebidos para ajudar a Cemig a repor parte da capacidade de geração que perdeu em 2018, com a perda das concessões de quatro hidrelétricas brasileiras: em São Simão (1,7 GW), Miranda (404 MW), Jaguara (424 MW) e Volta. Grande (380 MW). Essas concessões foram outorgadas a grandes empresas internacionais de energia, como Engie, Enel e a China State Investment Corporation.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos