conecte-se conosco

Notícias

Um novo incentivo à energia fotovoltaica no Brasil

Sicredi, cooperativa do Rio de Janeiro está prestes a receber empréstimo de 120 milhões de dólares para promover projetos de energia solar

Imagem: sicredi.com.br

Publicado

em

A International Finance Corporation, integrante do Grupo Banco Mundial, está em processo de concessão de empréstimo de até 120 milhões de dólares ao Sicredi, instituição financeira cooperativa no Brasil para promover a diversificação da matriz energética do país sul-americano.

Considerado um empréstimo verde, anunciado na semana passada, o capital seria destinado a promover os objetivos do Sicredi na área de geração de energia via fator fotovoltaico, o que permitirá, segundo o comunicado do organismo financeiro multilateral, promover a cooperativa brasileira que reúne mais de cinco milhões de membros para financiar seus projetos de Energia Renovável e, assim, promover práticas mais sustentáveis ​​no uso de energia.

Segundo informações da International Finance Corporation, esta é a primeira operação para uma instituição financeira cooperativa brasileira a receber a certificação emitida pela Climate Bonds Initiative, organização internacional que atua na promoção de investimentos na economia de baixo carbono, estabelecendo as melhores práticas para o mercado em termos de integridade ambiental de produtos de economia verde: “A busca por iniciativas ecoeficientes, como o uso de Energias Renováveis, está alinhada a um movimento global em busca da redução das emissões de Gases de Efeito Estufa, ao qual somos cometidos no Sicredi. Buscamos sempre alternativas para que nossos associados tenham acesso a crédito com rapidez e segurança para apoiar seus projetos sustentáveis ​​e, ao mesmo tempo,

João Tavares, Presidente Executivo do Banco Cooperativo Sicredi: “O pacote de financiamento, também reconhecido internacionalmente, Green Lending Principles, está alinhado ao compromisso do governo em promover finanças sustentáveis ​​e desenvolver uma economia de baixo carbono e resistente ao clima. Além disso, a IFC fornecerá ao Sicredi, cliente do órgão financeiro internacional desde 2013, orientações e ferramentas relacionadas ao clima para identificar, monitorar e relatar ativos ecológicos. ”

Carlos Leiria Pinto, gerente nacional da IFC no Brasil: “As prioridades estratégicas da IFC no Brasil incluem ajudar o país a alinhar seu crescimento com os desafios dos objetivos ambientais. Estamos confiantes de que, com a introdução de um instrumento de financiamento de ativos verdes, o empréstimo impulsionará a sustentabilidade do setor financeiro brasileiro. O projeto espera incentivar outras instituições financeiras do país a explorarem os Princípios do Empréstimo Verde como uma ferramenta alternativa para o crescimento de suas carteiras verdes, garantindo assim o desenvolvimento inclusivo e sustentável no Brasil. ”

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos