conecte-se conosco

Notícias

Um fundo internacional planeja construir uma fábrica de 1 GW no Brasil

Na semana passada, o governador do estado do Piauí, Wellington Dias, recebeu representantes da empresa JKL Energy, interessada em investir em energia renovável no Piauí.

Imagem: Envato Elements

Publicado

em

Na semana passada, o governador do estado do Piauí, Wellington Dias, recebeu representantes da empresa JKL Energy, interessada em investir em energia renovável no Piauí. Segundo o portal de notícias do estado, a empresa pretende instalar uma usina fotovoltaica de 1 GW no Piauí. O comunicado acrescenta que a JKL Energy é uma empresa que atua no Brasil e no exterior, com experiência em diversas áreas.

O governador garantiu apoio para a viabilização do projeto e da instalação da empresa no Piauí. “O objetivo é garantir, por parte do Estado, uma equipe integrada que trabalhe desde nossa política de incentivos fiscais para energias limpas até a política de qualificação e treinamento na região do Caracol e Guaribas, para que possamos ter cerca de dois mil empregos das obras que serão geradas, além do protocolo que prevê o acompanhamento do licenciamento ambiental. Por isso, celebramos o compromisso do Estado, com a participação do Ministério de Minas e Energia, em viabilizar esse projeto ”, disse Wellington Dias.

Maurício Sousa, diretor-geral da Nella Airlines, JKL Energy e JKL Holdings, afirmou que o projeto já está totalmente pronto, “agora começa a execução e as licenças necessárias para iniciar o projeto”, disse ele, anunciando que a previsão é de que a planta tenha 500 mil painéis a cada 500 hectares, quatro milhões no total. “Será um grande investimento, em que o objetivo é atingir algo em torno de 1 GW de energia fotovoltaica. Já tem a aquisição do terreno regularizada, acertamos um protocolo para eles atuarem nos leilões já em setembro ”, finalizou o governador.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos