conecte-se conosco

Notícias

O “novo normal” gera inovações na indústria fotovoltaica internacional

A empresa Ginlong Solis patrocinará a primeira feira solar virtual a ser realizada na América Latina.

Imagem: Envato Elements

Publicado

em

A empresa Ginlong Solis patrocinará a primeira feira solar virtual a ser realizada na América Latina e planeja entrar no mercado centro-americano para apoiar o desenvolvimento da indústria solar na região.

 

A empresa asiática participará da “Expo Solar Colômbia”, que devido à pandemia COVID 19, será realizada virtualmente e onde a empresa apresentará seu portfólio de inovações voltadas para o setor solar com foco na entrada nos mercados da América do Sul e da América Central Em sua quarta edição, a Expo Solar será realizada virtualmente para continuar promovendo a indústria solar nos países da América Latina a partir de sua plataforma digital.

Em suas edições anteriores, esta exposição reuniu mais de 130 expositores e visitantes de mais de 32 países da América Latina, Europa e Ásia. Nesta nova edição virtual haverá um espaço expositivo para mais de 200 empresas e um maior número de visitantes graças ao facto de poderem comparecer de qualquer parte do mundo.

A Ginlong Solis, patrocinadora desta nova edição, apresentará os seus produtos no estande virtual número nove, onde poderão descobrir todas as soluções com uma gama de inversores fotovoltaicos de 700w a 255kW para aplicações residenciais, de armazenamento de energia, comerciais e industriais e grande escala.

Durante a visita virtual você pode bater um papo ao vivo com a equipe da empresa, bem como fazer vídeo chamadas e solicitar informações específicas a um consultor. 

Haverá também palestras e palestras técnicas gratuitas, entre as quais novas soluções para transformar o mercado solar serão apresentadas na quarta-feira, 26 de agosto, às 17h30.

A vida como a conhecíamos mudou consideravelmente desde que o vírus COVID-19 varreu o mundo, isso acelerou o avanço e o uso de plataformas digitais em aproximadamente dois anos.

A oportunidade de muitas empresas falarem cara a cara com seus clientes foi evitada e muitas exposições que reuniram milhares de pessoas para se encontrar com fornecedores e clientes tiveram de ser suspensas devido à pandemia. Porém, com esse avanço digital, as empresas ainda buscam uma forma de se aproximar de seus clientes.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos