conecte-se conosco

Notícias

Novo sistema de leilões traz inovação e digitalização no Brasil

A Câmara de Comércio Elétrica do Brasil (CCEE) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) disponibilizou o novo sistema de leilão de energia para o leilão de 4 de dezembro.

Imagem: Envato Elements

Publicado

em

Na última sexta-feira, 6 de novembro, a Câmara de Comércio Elétrica do Brasil (CCEE) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) disponibilizou o novo sistema de leilão de energia para o leilão de 4 de dezembro.

O novo sistema oferece melhorias em automação, segurança e comunicação direta entre a ANEEL, agentes e demais instituições envolvidas. Além disso, estabelece com mais clareza as ações antes e depois do concurso.

Algumas das principais mudanças estão na digitalização do processo de documentação e prestação de garantias financeiras, que antes era feito presencialmente, agora pode ser feito diretamente na plataforma.

“Após o leilão, os vendedores passam a inserir os documentos diretamente no módulo de Habilitação, sem a necessidade de envio de documentação física”, explica a ANEEL.

Por outro lado, foi alterada a Gestão de Garantias Financeiras, podendo o participante acompanhar todas as fases desta atividade, desde a contribuição até à liberação parcial e total das respetivas garantias.

Leilão de energia A-1

O próximo leilão, voltado para a compra de energia elétrica de empreendimentos de geração existentes, será realizado no dia 4 de dezembro e será negociado contra o montante de energia elétrica, de qualquer fonte para dois anos de fornecimento (1º de janeiro de 2021 e 31 de dezembro de 2022) .

 Da mesma forma, a ANEEL informou que o preço inicial será de R $ 160 por MWh.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos