conecte-se conosco

Notícias

Novo parque eólico de 322 MW no Brasil a ser construído pela Elecnor

Com um investimento de 44 milhões de euros, a Elecnor foi adjudicatária da construção de um novo parque eólico no Brasil. O Parque Tucano ficará na região da Bahia e será o primeiro do gênero na região. Tucano está sendo promovido pela empresa brasileira AES Brasil , parte do grupo internacional AES Corp.

Imagem: Envato Elements

Publicado

em

Com um investimento de 44 milhões de euros, a Elecnor foi adjudicatária da construção de um novo parque eólico no Brasil. O Parque Tucano ficará na região da Bahia e será o primeiro do gênero na região. Tucano está sendo promovido pela empresa brasileira AES Brasil , parte do grupo internacional AES Corp.

Tucano vai gerar 322 Megawatts (MW) de capacidade instalada. Especificamente, a Elecnor ficará responsável pela construção do Balanço da Planta (BOP), tanto da obra civil quanto da elétrica na primeira fase do projeto.

A Elecnor terá de construir as estruturas de fundação dos 52 aerogeradores de 6,2 MW, fornecidos pela Siemens Gamesa; que serão instalados em torres de aço com 115 metros de altura e pás com mais de 80 metros de comprimento, formando uma circunferência de 170 metros de diâmetro.

De acordo com as informações prestadas, esses serão os maiores e mais potentes aerogeradores já instalados no Brasil.

A Elecnor será responsável pela construção de outros sistemas e desenvolvimentos auxiliares, incluindo 58 km de estradas internas; 45 km de linhas de transmissão de energia 500 kV; uma rede de 76 km de linhas aéreas de média tensão de 34,5 kV; bem como a subestação Tucano 34,5 / 500 kV e o aumento de potência da subestação Olindina. O trabalho neste projeto está programado para terminar em meados de 2022.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos