conecte-se conosco

Notícias

Nextracker fornecerá trackers para o projeto Sol do Cerrado no Brasil

O complexo será um dos maiores do Brasil, ajudará a abastecer as operações de mineração da Vale no Jaíba, região de Minas Gerais, e será interligado à rede de transmissão regional.

Imagem: nextracker.com.br

Publicado

em

A mineradora multinacional brasileira Vale SA assinou um contrato de fornecimento com o fabricante de trackers solares Nextracker, pelo qual a empresa norte-americana fornecerá seus trackers inteligentes otimizados bifaciais NX Horizon para o projeto solar Sol do Cerrado em Minas Gerais, Brasil. O complexo solar de 766 MWp, que será um dos maiores do Brasil, ajudará a abastecer as operações de mineração da Vale no Jaíba, região de Minas Gerais, e será interligado à rede de transmissão regional. A construção inicial começará ainda este ano e a conclusão do projeto está prevista para 2022.

Uma vez instalado e funcionando, o projeto solar Sol do Cerrado fornecerá 13% das necessidades totais de energia da Vale no Brasil. A mineradora planeja produzir 100% da energia necessária para suas operações no Brasil até 2025 e atingir a neutralidade de carbono em sua pegada global até 2050.

O escritório regional da Nextracker no Brasil apoiará o projeto com serviços de engenharia, comissionamento e gerenciamento de ativos, bem como análise de dados avançada para manutenção preventiva. As equipes de instalação participarão do programa de treinamento de instaladores PowerworX Academy da Nextracker para aprender as melhores práticas no local e no centro de treinamento da empresa em Sorocaba, São Paulo.

O projeto Sol do Cerrado é o segundo maior contrato da Nextracker no mercado brasileiro neste ano e a mais recente adição ao seu crescente portfólio no país. A empresa também ganhou recentemente um contrato para fornecer seus trackers bifaciais otimizados para o projeto solar Janaúba de 830 MW em Minas Gerais, e é o rastreador solar de escolha para a indústria de mineração na Austrália.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos