conecte-se conosco

Notícias

Banco Santander faz parceria para financiar energias renováveis

O membro do Grupo Banco Mundial e a delegação brasileira do Banco Santander firmam parcerias para apoiar PMEs e financiar energias renováveis ​​no Brasil.

Imagem: Sede do Banco Santander no Rio de Janeiro / Wikimedia Commons

Publicado

em

O membro do Grupo Banco Mundial e a delegação brasileira do Banco Santander firmam parcerias para apoiar PMEs e financiar energias renováveis ​​no Brasil, e destinará 50 milhões de dólares à comercialização de painéis fotovoltaicos.

A International Finance Corporation (IFC), membro do Grupo Banco Mundial, fez parceria com a delegação brasileira do Banco Santander para promover o acesso ao crédito para pequenas e médias empresas (PMEs) e expandir o financiamento verde no Brasil.

Especificamente, a IFC concedeu uma linha de financiamento de 100 milhões de dólares (equivalente a 560 milhões de reais) ao Santander Brasil por meio de seu Programa de Soluções de Capital de Giro, um componente-chave do programa da corporação que planeja alocar 8.000 milhões de dólares para mitigar os impactos da pandemia Covid-19.

Metade do financiamento do Santander Brasil será destinada à comercialização de painéis fotovoltaicos. Do montante restante, pelo menos 20% irão para as PME pertencentes a mulheres. O investimento da IFC consiste em um empréstimo sênior de um ano, que pode ser renovado uma vez, por mais 12 meses. Esta é a terceira transação do Santander com o IFC desde 2017.

O Santander Brasil já financiou inúmeros projetos de geração de energia solar no país, desde grandes usinas solares até a venda de painéis fotovoltaicos para pequenos agricultores. O Santander Brasil também é um dos líderes em financiamento a PMEs no Brasil e registrou crescimento de 27,3% em sua carteira de crédito ao segmento nos 12 meses até junho de 2020.

A parte do financiamento focada em PMEs pertencentes a mulheres usa recursos fornecidos pelo Women Entrepreneurs Opportunity Service (WEOF), um serviço financeiro global dedicado a expandir o acesso ao capital para mulheres empresárias. O WEOF foi lançado em 2014 pelo IFC, por meio do programa Banking on Women, e pelo Goldman Sachs 10.000 Mulheres. O serviço já alcançou 73.000 mulheres empresárias por meio de seus investimentos e está a caminho de atingir 100.000 mulheres em todo o mundo.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos