conecte-se conosco

Notícias

ENGIE e Natura firmam aliança para compensar emissões de CO2

Em dezembro passado, ENGIE e Natura firmaram aliança para compensar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) reportadas pela empresa que atua no setor cosmético

Imagem: Envato Elements

Publicado

em

Em dezembro passado, ENGIE e Natura firmaram aliança para compensar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) reportadas pela empresa que atua no setor cosmético. A compra dos créditos de carbono será realizada por meio da Unidade de Cogeração Lages (UCLA), planta de biomassa da ENGIE, localizada na região serrana de Santa Catarina.

O contrato prevê a venda de créditos de carbono suficientes para compensar, de forma totalmente voluntária, as emissões de 100.000 toneladas de CO2 referentes ao inventário da Natura em 2019.

Se colocarmos em números o exposto, seria um valor equivalente à emissão média de cerca de 45,4 mil brasileiros, segundo dados do Banco Mundial, considerando as emissões de CO2 per capita no Brasil de 2,2 tCO2e / ano.

Por fim, é importante ressaltar que os créditos de carbono ou reduções certificadas de emissões (“RCEs – Certified Emission Reductions”) são certificados emitidos para projetos registrados no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), no âmbito do Protocolo de Quioto, para a redução de Emissões de gases de efeito estufa. Estufa (GEE). O Certificado de Cancelamento Voluntário é internacional e foi emitido pelo Organismo das Nações Unidas responsável pelas mudanças climáticas (UNFCCC).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos