conecte-se conosco

Notícias

Durante a pandemia, setor de energia solar cresce no Brasil

Mesmo durante a crise do COVID-19, o setor da energia solar continua a crescer no Brasil, com a perspectiva de auxiliar o país a vencer essa fase de dificuldades econômicas.

Imagem: Envato Elements

Publicado

em

Mesmo durante a crise do COVID-19, o setor da energia solar continua a crescer no Brasil, com a perspectiva de auxiliar o país a vencer essa fase de dificuldades econômicas.

Segundo Bárbara Rubim, vice – presidente da Associação Brasileira de Energia Fotovoltaica (ABSOLAR), “a potencia instalada aumentou em 30% no primeiro trimestre de 2020”, o que significa que houve sim uma queda no setor, porém continua crescendo mais do que qualquer outra fonte de energia no país, com largo espaço no mercado brasileiro, acompanhando as tendências mundiais.

Nosso cenário hoje no Brasil é de uma população de cerca de 211 milhões de pessoas e uma capacidade de gerar cerca de 172.709 MW. Atualmente, a composição energética do país é 60,4% hidrelétrica, 8,7% eólica, 8,4% de biomassa, 8,3% de gás natural, 5,1% de derivados de petróleo e 2,0% de carvão.

O Brasil já cresceu muito a nível de energia solar, mas o grande primeiro passo para aconteceu em 2012 com alteração da regulamentação a fim de incentivar o crescimento desse tipo de energia no país.

Juntamente com essa mudança nas leis veio a redução dos preços de instalação dos painéis fotovoltaicos que se tornaram mais acessíveis. O que trouxe um aumento considerável da energia solar do país, que mesmo assim ainda se encontra bem atrás de outros países já bem mais desenvolvidos.

Dentre todos os benefícios dessa linha de energia, a redução da emissão de carbono é muito importante, não só para o nosso país, mas a nível mundial, já que a energia solar é sustentável, não afetando o meio ambiente.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos