conecte-se conosco

Notícias

Brasileira no Piauí abrigará um dos maiores parques solares do país

O município de Brasileira no Piauí foi escolhido para abrigar um dos maiores parques solares do País, com potência instalada de 360MW.

Imagem: Envato Elements

Publicado

em

O município de Brasileira no Piauí foi escolhido para abrigar um dos maiores parques solares do País, com potência instalada de 360MW. O leilão de Furnas foi realizado no dia 12 de novembro e o consórcio formado pelo Grupo Interalli e a Canadian Solar foi um dos vencedores do leilão, e irá assumir a construção desse novo parque solar.

Os Complexos Solares Marangatu I e II serão construídos em uma área própria de mais de 1.500 hectares. A estimativa é que a instalação do parque solar gere mais de 1.000 empregos diretos e indiretos, contribuindo para a geração de renda de toda região.

O projeto conta com 12 parques solares, cada um irá produzir 30MW, totalizando 360 megawatts.

Segundo o diretor do grupo Interalli, Fabrício Fumagalli, as obras devem iniciar assim que forem emitidas as licenças ambientais por parte da Secretaria de Meio Ambiente do estado do Piauí.

“O Estado do Piauí tem se destacado nos últimos anos por estar atraindo investimentos para o setor de energia limpa, especialmente para a energia solar. Este empreendimento em Brasileira vai gerar, além de energia, emprego e renda para toda a região, em um momento em que os investimentos são muito importantes para o país”, diz Fumagalli.

Benefícios- A energia solar, hidrelétrica, eólica, entre outras, transformadas em energia elétrica são, hoje, um recurso indispensável para o desenvolvimento socioeconômico de muitos países e regiões.

Fabrício ainda diz que, com progressos tecnológicos de geração e transmissão de eletricidade, é possível constatar avanços em regiões anteriormente pobres e desocupadas, que se transformam em grandes centros urbanos e polos industriais.

“A construção desta planta fotovoltaica contribuirá para o fornecimento de energia sustentável beneficiando os moradores e os empresários da região”, finaliza Fumagalli.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos