conecte-se conosco

Notícias

Brasil: Shell anuncia nova estrutura de comercialização de energia

A empresa de hidrocarbonetos Shell Brasil, anunciou em um comunicado oficial que contará com uma nova estrutura de geração e comercialização de energia elétrica.

Imagem: Envato Elements

Publicado

em

No último dia 5 de outubro, a empresa de hidrocarbonetos Shell Brasil, anunciou em um comunicado oficial que contará com uma nova estrutura de geração e comercialização de energia elétrica, com o objetivo de desenvolver um modelo de energia integrado aos objetivos do país e alinhado com sua visão global de entrega de energia mais limpa.

Esta nova estratégia comercial inclui a geração e armazenamento de energias renováveis e gás natural, bem como a comercialização, otimização e venda ao consumidor final de soluções integradas de energia sob a marca Shell.

A empresa também solicitou um Pedido de Concessão para instalação de usinas solares fotovoltaicas no estado de Minas Gerais.

Além disso, também foi anunciada a nova equipe de liderança da empresa:

Guilherme Perdigão Nascimento, Diretor de Novas Energias da Shell Brasil, estará à frente das atividades de geração e armazenamento de eletricidade renovável e gás natural;

Gabriela Oliveira será responsável pela equipe de desenvolvimento de projetos de geração de energia renovável;

A Shell Energy Brasil continuará sendo responsável pela comercialização e oferta de soluções integradas de energia aos consumidores;

Carolina Bunting comandará a equipe de vendas;

Michael Mohring continuará liderando a mesa de negociações do comerciante.

Esta nova estrutura já está em funcionamento e visa melhorar as soluções energéticas para os clientes, integrando a atividade da empresa com o negócio das energias renováveis.

“A transição energética traz mudanças significativas nas necessidades de nossos consumidores. Devemos estar em sintonia com esta evolução, em linha com as tendências de crescente eletrificação e descarbonização da economia. Esse modelo integrado dá aos nossos clientes no país acesso à diversidade de produtos e serviços, à escala e à presença que a Shell tem no mercado global de energia”, afirmou o presidente da Shell Brasil, André Araujo.

Um exemplo desse modelo integrado é a termelétrica ‘Marlin Azul’ desenvolvida em conjunto pela Shell Brasil 29,9%, Pátria Investimentos 50,1% e Mitsubishi Power System 20%. A usina em construção terá capacidade instalada de 565,5 MW e será a primeira a utilizar gás natural do pré-sal.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos