conecte-se conosco

Notícias

Apenas 12% dos 230,38 MW liberados no Brasil para operação comercial em novembro são fotovoltaicos

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) liberou 230,38 MW para operação comercial em outubro de 2020, sendo 88% de usinas eólicas e 12% de energia solar fotovoltaica.

Imagem: Envato Elements

Publicado

em

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) liberou 230,38 MW para operação comercial em outubro de 2020, sendo 88% de usinas eólicas e 12% de energia solar fotovoltaica.

Em 2020, a fiscalização da Agência liberou 4.003,99 MW em 19 estados do país, ou seja, mais da metade das unidades federativas no Brasil ganhou pelo menos uma usina este ano. Em novembro, a Paraíba teve sua primeira usina em operação comercial em 2020, com 27 MW de capacidade instalada.

Entre os estados, o de maior destaque foi o Piauí, que obteve 126 MW renováveis ​​em novembro, todos com energia eólica. A Bahia também teve um salto de capacidade instalada no mês, com 87,38 MW adicionais.

Capacidade instalada

Em agosto, o Brasil atingiu 173.750,9 MW de potência instalada, segundo dados do Sistema de Informação de Geração da ANEEL, SIGA, atualizados diariamente com dados das usinas em operação e dos empreendimentos outorgados em fase de construção. Desse total em operação, 74,78% das usinas são alimentadas por fontes consideradas sustentáveis. Apenas 1,78% da potência total instalada corresponde à energia fotovoltaica.

Dos projetos aprovados, o fotovoltaico corresponde a 49,23% dos que ainda não começaram a ser construídos e a 10,06% dos que se encontram em construção.

Apesar do cenário de pandemia Covid-19, a ANEEL tem normalmente acompanhado a expansão do fornecimento de eletricidade no Brasil.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos