conecte-se conosco

Notícias

A fábrica da Libertadores, no Chile, conta com módulos solares da Longi

Longi forneceu 28.720 módulos solares inovadores para uma usina fotovoltaica dentro do parque fotovoltaico Libertadores na província de Los Andes, Chile.

Imagem: Ministério de Energia do Chile

Publicado

em

Longi forneceu 28.720 módulos solares inovadores para uma usina fotovoltaica dentro do parque fotovoltaico Libertadores na província de Los Andes, Chile.

Inauguração do parque fotovoltaico Libertadores de 9 MW em Rinconada, Chile.

A fabricante chinesa de módulos fotovoltaicos Longi anuncia que forneceu 11,7 MW de módulos solares para uma usina fotovoltaica Libertadores, localizada na província de Los Andes, no Chile.

A planta, que cobre 24,4 hectares, foi desenvolvida pela D’E Capital, vinculada a um fundo de energias renováveis ​​de capital chileno, e construída pela empresa EPC Orion Power, com um investimento de 12 milhões de dólares. São 28.720 unidades de módulos solares de alta eficiência Longi implantados neste projeto PMGD (Small Distributed Generation Means), com vida útil projetada de 30 anos.

Francisco López, Subsecretário de Energia do Chile, participou da cerimônia de comissionamento em agosto e destacou a importância do projeto. “Hoje inauguramos uma usina fotovoltaica que injetará 11,7 MW de eletricidade em nossa rede nacional e permitirá que 9.000 residências recebam energia limpa e renovável da Comunidade de Rinconada”.

De acordo com o governo chileno, a energia fotovoltaica se tornará a principal fonte de geração de eletricidade do país até 2030 e deverá cobrir mais de 30% da demanda total do país. Longi acredita firmemente que a energia fotovoltaica apoiará a construção de uma infraestrutura elétrica e energética e promoverá o desenvolvimento ecológico e sustentável da energia renovável no Chile e em toda a América do Sul.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos