conecte-se conosco

Notícias

76% da capacidade liberada em outubro no Brasil vem de energia solar e eólica

A partir de outubro, a Agência Nacional de Energia Elétrica do Brasil (ANEEL) liberou 318,34 MW para operação comercial.

Imagem: Envato Elements

Publicado

em

A partir de outubro, a Agência Nacional de Energia Elétrica do Brasil (ANEEL) liberou 318,34 MW para operação comercial. Respectivamente 147.28 MW, o que equivale a 46% para a produção de energia eólica, 95,68 MW, 30% para energia solar fotovoltaica e os outros 75,38 MW, 24% de fontes térmicas e hidroelétricas.

Este ano, segundo a ANEEL, mais da metade das unidades federativas do país ganhou pelo menos uma usina, o que equivale a 3,763.61 MW. Da mesma forma, ele ressaltou que o destaque foi Rio Grande do Norte obteve 101.08 MW de potência acrescida em outubro.

“Todo esse valor vem de parques eólicos. Isso não é menos que 32% da capacidade total de geração adicionada ao Brasil no mês. O Piauí também teve um salto de capacidade instalada no mês, com aumento de 91.68 MW”, acrescentou a ANEEL.

Em relação à capacidade instalada, a ANEEL informou que o Brasil atingiu 173,501.09 MW de potência inspecionada e dos quais 74.76% vem de fontes sustentáveis com baixa emissão de gases de efeito estufa.

Para mais informações sobre o monitoramento da expansão da oferta de geração no país, você pode acessar aqui.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidos